TV Bandeirantes



Acredite! O medo de injeção ainda afasta muitas crianças das campanhas de vacinação. Os mitos sobre reações e os preconceitos, também fazem com que muitos pais prefiram expor seus filhos ao risco ao invés de mantê-los protegidos de diversas doenças. Esses assuntos foram abordados na nossa entrevista de sábado com a especialista em vacinas: Maria Cristina Martins Alvarenga, autora do livro Como criar filhos sem medos: um guia para mães, pais, cuidadores e profissionais de vacinação.

As principais vacinas devem ser tomadas até os cinco anos de idade, mas muitos pais, por medo, acabam não levando as crianças para serem imunizadas. Porque isso acontece? Quais as razões desse medo? Como contorná-lo? Como quebrar esse tabu?

Um dos casos mais emblemáticos aconteceu recentemente, envolvendo a vacina contra o HPV que é o causador do câncer de cólon de útero. Muitas adolescentes tiveram reações e a partir daí os pais ficaram com medo de levar as filhas para receber a imunização. Como explicar esse fenômeno? O que realmente acontece? A vacina contra o HPV é segura?

Por trás desses medos há algumas questões filosóficas, religiosas, principalmente no que se refere à vacina contra o HPV?
Quais as principais vacinas que uma pessoa deve tomar ao longo da vida e que estão incluídas no calendário nacional de vacinação?
Veja a entrevista completa aqui.

http://www.band.uol.com.br/tv/vale/bandcidade/video/9iAVukoqRVE/band-cidade-2-edic-a-o-03-10-2015-parte-02.html